Mulheres CozinhandoA culinária medieval é bastante abrangente quanto às especiarias utilizadas na época. Dentre elas estão: canela, gengibre, cravo em pó, noz-moscada e macis (pimenta), cardamomo, galanga e açafrão.

O aspecto visual dos alimentos tinha o mesmo nível de importância do sabor. As cores dos pratos eram ressaltadas com as especiarias e adquiriam coloração verde, amarela, laranja, vermelha, etc. Os molhos que acompanhavam as carnes de aves e peixes eram extraídos do vinho e vinagre e tinham um caráter ácido e agridoce por causa da mistura de açúcar, mel e frutas (figos, passas, maçãs, peras e ameixas).

Dentre os alimentos básicos podemos destacar: pães, cereais, mingau e massas. A carne era o alimento mais caro e cobiçado, até mais que os grãos e os vegetais. Bacalhau, porco e frango eram os mais populares, já a carne bovina era colocada em segundo plano, pois sua criação exigia um maior investimento em terras. O consumo de ensopados, caldos, batatas cozidas, molhos de queijo e bebidas destiladas era comuns.

Javali Medieval

Ingredientes

  • 1250g de carne de javali;
  • 3 copos de vinho tinto;
  • 2 dentes de alho picados;
  • ½ colher (café) de gengibre fresco ralado;
  • 1 colher (sopa) de vinagre;
  • 4 colheres (sopa) de gordura de javali ou manteiga;
  • 30g de toucinho picado;
  • Pimenta-do-reino em grãos a gosto;
  • Sal, pimenta-do-reino moída a gosto.

Modo de preparo

Risque a pele do javali e raspe. Deixe marinar por 12 horas em copos de vinho, alho, vinagre e pimenta em grãos. Numa panela, doure na gordura do javali o toucinho, a pimenta-do-reino e o gengibre. Acrescente a carne coada e cortada em pedaços. Adicione sal a gosto, doure e coloque o restante do vinho. Deixar no fogo por, aproximadamente, 3 horas, colocando, de vez em quando, porções de água quente para evitar secar. Sirva bem quente.

Acompanhamento: Purê de maçã e pedaços de pão.